Segurança de pessoas e instalações: o sistema IECEx

Por maex • ago 4th, 2017 • Categoria: Atmosferas Explosivas, Eletricidade, Segurança, Áreas Classificadas

A certificação de equipamentos é importante mas não suficiente para garantir segurança em áreas classificadas. Também os profissionais de projeto, execução e manutenção de instalações e as prestadoras de serviços devem ter competências comprovadas. O artigo apresenta as etapas a serem cumpridas para se obter um alto nível de segurança e descreve as características e vantagens do sistema de certificação IECEx.

Atividades nas quais são manuseadas, processadas ou armazenadas substâncias inflamáveis na forma de líquidos, gases, vapores ou poeiras combustíveis oferecem riscos de explosões quando essas substâncias são liberadas no ar, formando atmosferas explosivas. Os locais podem ser áreas de processos e também, em casos de anormalidade, depósitos de armazenagem. Atmosferas explosivas podem ser formadas na maioria das atividades industriais, incluindo indústrias de petróleo e gás, farmacêuticas, alimentícias e de tintas e vernizes, em cabines de pintura, aterros sanitários, processamento de ração para animais, transporte e movimentação de grãos como soja, milho e amendoim, e toda atividade de processamento que utiliza produtos inflamáveis na forma de líquido, gás, vapor ou poeiras combustíveis.

Os equipamentos elétricos constituem fontes de ignição de explosões nessas áreas por causa do centelhamento, que pode ocorrer quando da abertura e do fechamento de contatos ou de alguma anormalidade no circuito elétrico, e também pelo calor que produzem, o qual pode atingir o ponto de incendiar uma atmosfera explosiva.  Este artigo apresenta e comenta, a seguir, as sete áreas nas quais os profissionais envolvidos com instalações e equipamentos elétricos em atmosferas explosivas devem ter conhecimento.

Segurança em atmosferas explosivas

Para oferecer segurança nesses locais, em primeiro lugar é preciso conhecer os níveis de riscos envolvidos, o que é definido por meio de um projeto de classificação de áreas, conforme as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas ABNT NBR IEC 60079-10-1 [1], para atmosferas explosivas de gases inflamáveis, e ABNT NBR IEC 60079-10-2 [2], atmosferas de poeiras combustíveis.

O projeto vai determinar: 1) As zonas de classificação do local; 2) O grupo do gás ou da poeira que ocorre no local; e 3) A classe de temperatura da atmosfera explosiva. Outro requisito que a ser considerado é o nível de proteção dos equipamentos (sigla EPL, do inglês equipament protection level), que vai orientar a seleção destes.


Após da conclusão do projeto de classificação de áreas, o passo seguinte é a seleção dos equipamentos, componentes e acessórios para a instalação, de acordo com os requisitos estabelecidos no referido projeto. Os profissionais responsáveis pela seleção dos equipamentos devem considerar também as condições do ambiente em que estes serão instalados, como, por exemplo, aspectos relacionados a corrosão e outros fatores agressivos. Para determinar os equipamentos mais adequados, os profissionais responsáveis devem seguir as prescrições da norma ABNT NBR IEC 60079-0 e, também, podem recorrer ao auxílio dos fabricantes e outras fontes de pesquisas. Um outro aspectos a ressaltar é que todo equipamento, componente e acessório para uso em áreas classificadas deve ser adquirido com o certificado de conformidade, de acordo com o sistema de certificação de produtos regulamentados no Brasil pelo Inmetro – Instituição Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

Uma vez concluída a seleção dos equipamentos, a etapa seguinte é a montagem e instalação, que deve ser realizada por profissional qualificado e que conheça a norma de instalações elétricas em áreas classificadas, a ABNT NBR IEC 60079-1, a qual prescreve os requisitos de segurança.

Após a montagem e instalação, é necessário verificar se tudo está de acordo com as normas e com o projeto de classificação de áreas. Essa verificação dever ser feita por profissional competente e que tenha conhecimento das normas de classificação e de requisitos gerais, e também da norma de inspeção e manutenção de instalações elétricas, a ABNT NBR IEC 60079-17. O processo de inspeção em áreas classificadas é uma das etapas mais importantes para a segurança desses locais, uma vez que depois dela a planta estará liberada para entrar em operação.

Tudo o que foi dito até aqui está sintetizado nas sete etapas apresentadas na figura 1, e caracterizadas mais detidamente a seguir, as quais são requisitos obrigatórios para garantir a segurança nas áreas com presença de atmosferas explosivas. Conhecer cada uma delas é fundamental para os profissionais envolvidos com instalações elétricas nesses locais.

1) Classificação de áreas – O projeto de classificação de áreas torna possível conhecer os níveis de risco envolvidos numa atmosferas explosivas. Esse projeto vai servir de base para a seleção dos equipamentos, instalação e montagem, inspeção, manutenção e reparo das instalações e dos equipamentos.

2) Seleção dos equipamentos – É fundamental que os equipamentos, componentes e acessórios sejam selecionados de acordo com as especificações do projeto de classificação da área. Os equipamentos elétricos para uso em áreas classificadas são projetados e fabricados conforme normas especificas para cada tipo de área e nível de segurança.

3) Instalação – Para conseguir o nível de segurança adequado, é necessário que a montagem e instalação dos equipamentos sejam feitos segundo a norma ABNT NBR IEC 60079-14 e as orientações do fabricante.

4) Inspeção – É a etapa final, em que o profissional responsável deve verificar se equipamentos, componentes, acessórios, montagem e instalação estão de acordo com o projeto de classificação de áreas,  de modo que a segurança seja garantida. O plano de inspeção deve ser elaborado com base na norma ABNT NBR IEC 60079-17.

5) Manutenção – Para garantir a segurança ao longo da vida útil da planta, deve ser elaborado um plano de manutenção periódico dos equipamentos e instalações conforme orientações da norma ABNT NBR IEC 60079-17.

6) Reparo e recuperação dos equipamentos Ex – Se forem encontradas avarias nos equipamentos, a recuperação e reparo devem ser realizados pelo fabricante ou por empresa com competência certificada, e feitos de acordo com a norma ABNT NBR IEC 60079-19, que orienta o reparo, revisão, recuperação e modificação de equipamentos projetados para uso em atmosferas explosivas.

7) IECEx – O sistema internacional de segurança da IEC – International Electrotechnical Commission contempla a sétima etapa apresentada na figura1. Trata-se de um processo de certificação internacional para garantir a efetiva segurança de pessoas e ativos nas atividades com presença de atmosferas explosivas, durante todo o ciclo de vida das instalações e dos equipamentos. Esse processo tem suas bases nas normas da série IEC 60079 (no Brasil, ABNT IEC 60079) e ISO/IEC 80079. Informações sobre o sistema IECEx também pode ser obtidas, em português, nos documentos operacionais OD 503 e OD504, entre outros. O sistema é descrito com mais detalhes a seguir.

Sistema IECEx

Para garantir a segurança em áreas classificadas, o sistema de segurança IECEx estabelece uma tripla certificação, conforme relacionado abaixo e apresentado na figura 2.

1) Certificação dos profissionais envolvidos com atmosferas explosivas, concedida por organismos de certificação acreditados pelo sistema internacional IECEx. Atualmente, no Brasil, essa certificação pode ser obtida através da UL Brasil;

2) Certificação dos equipamentos, componentes e acessórios utilizados em áreas classificadas, conforme as normas da série IEC 60079 e nornas ISO/IEC 80079.

3) Certificação das empresas de prestação de serviços Ex (vide figura 2).

O sistema IECEx estabelece os conhecimentos básicos e as competências específicas, com seus requisitos, exigidas do profissional para realizar atividades relacionadas com instalações e equipamentos elétricos para uso em atmosferas explosivas.

Segundo o sistema IECEx, a segurança das pessoas que trabalham nas áreas com presença de atmosferas explosivas é fundamental e, portanto, o profissional certificado deve possuir compreensão da natureza dos riscos envolvidos nesses locais, das limitações sobre os equipamentos que podem operar dentro dessas áreas, da responsabilidade de segurança e saúde ocupacional e dos procedimentos relacionados com áreas classificadas.

De acordo com a IEC, o potencial de acidentes nas áreas com presença de atmosferas explosivas é elevado se os profissionais envolvidos não possuem as competências necessárias. Por isso, prepara e qualificar esses profissionais é requisito para a segurança dos locais e dos trabalhadores.

Ainda segundo a IEC, a competência dos profissionais envolvidos com trabalhos em atmosferas explosivas incluiu a habilidade de realização de tarefas específicas e não apenas conhecimento de requisitos gerais prescritos em regulamentos e procedimentos de instalação. A competência depende ainda de conhecimentos, habilidades, experiência e treinamentos.

As competências pessoais requeridas desses profissionais envolvem as atividades relacionadas na tabela I e constam do documento operacional do sistema IECEx OD504.

Considerações finais

O sistema IECEx é uma proposta avançada para a segurança dos trabalhadores e dos locais com presença de atmosfera explosiva, uma vez que envolve a certificação dos equipamentos, a certificação dos competências pessoais dos profissionais que executam os serviços e a certificação das empresas de prestação de serviços Ex. A certificação dos equipamentos Ex, apenas, não é garantia de segurança, pois esses equipamentos certificados podem não estar de acordo com o projeto de classificação de áreas ou mesmo não ser instalados de acordo com as normas. O processo de certificação IECEx, que é novo no Brasil, representa uma evolução das práticas de segurança nessas áreas.

José da Silva

Eletricidade Moderna

Tagged as: , , , , ,

Comentário fechado.